Segue mais um texto para o blog, agora comparando dois grades processadores de texto, de um lado a Apple com Pages que faz parte do pacote de escritório iWork e do outro a Microsoft com o Word fazendo parte do pacote de escritório Office.

Para começar a comparação o pacote de escritório iWork da Apple vem com os aplicativos:

  1. Pages: processador de texto.
  2. Numbers: planilha eletrônica.
  3. Keynote: apresentação de slides.

O lançamento do último iWork foi em 6 de janeiro de 2009, mas nem por isso está desatualizado pois a Apple faz atualizações constantes.

O valor do pacote iWork era US$ 13,99 por cada aplicativo, hoje atualmente para comprar

O pacote básico de escritório Office 365 da Microsoft vem com os aplicativos:

  1. Word
  2. Excel
  3. PowerPoint
  4. OneNote
  5. Outlook
  6. Access
  7. Publisher

O último lançamento do Microsoft Office 365 foi em 2016 e os valores do pacote básico é de R$ 299,00 por ano.

Para você que é um usuário assíduo do Microsoft Word, saiba que todo o documento feito no Word poderá ser feito também no Pages. E para você que é um usuário do Pages você poderá fazer também no Word.

As únicas funcionalidades que tendem a ser diferentes é que letra capitular não existe no Pages, mala direta também não e marca d’agua não é feita da mesma forma atrás do texto. Porém letra capitular fazemos com caixas de texto no Pages, ao invés de uma ferramenta própria para isso, mala direta usamos um aplicativo próprio para isso chamado: Pages Data Merge. Então, o uso de Word e Pages pode ser feito igualmente. A única coisa que realmente não dá para fazer dentro do próprio Pages é programação em macro, mas poderá ser utilizado o automator também mas necessita de um programa a parte para isso. Já no Microsoft Word é feito pressionando as teclas ALT +F11 para acessar o Microsoft Visual Basic for Applications.

Sobre o layout da tela, isso sim diferencia e muito um do outro, mas o resultado final de seus trabalhos é exatamente igual.

Os dois processadores de texto são ótimos e cada um com sua peculiaridade. No Microsoft Word você tem mais opções de textos enfeitados e letras como formas que é o caso dos WordArt e fluxogramas já prontos.

Porém as opções de formas e preenchimentos com reflexos e opções de cores são mais abrangentes no Pages. Além da integração nativa do Pages com outros programas do iWork como planilhas e apresentações dentro do Pages como se fosse o próprio programa aberto.

iWork Pages:

pages

Microsoft Word 365:

word

Em muitos fatores eles são exatamente iguais, lembrando mais uma vez que um trabalho feito no Word poderá ser feito no Pages quase que exatamente idêntica.

Porém um documento que é criado nativamente no Pages com extensão .pages não abre no Word, mas consegue fazer isso utilizando a exportação para .DOC e ai sim, consegue abrir o trabalho no Microsoft Word.

Os recursos de senha, proteção da planilha, resumo de edição, comentário, sumário e índice, colunas, tabulação, tabela, margens, layout, numeração, cabeçalho e rodapé, bordas, formatação e alinhamento do texto, formatações pré-definidas, efeitos de texto, preenchimento e coloração, alinhamento de parágrafo, primeira linha, revisão de texto, ortografia e gramatica, copiar formatação e colar, caixa de texto, inserção de mídia, marcação de texto, títulos, notas de rodapé, recursos de outros programas como gráficos, planilhas e apresentações no corpo do documento e muitas outras funções poderá ser utilizados nos dois aplicativos sem problema algum.

Um software utiliza uma Faixa de Opções para todas as suas ferramentas que é o caso do Word. O Pages utiliza o Painel Inspetor para utilizar todas as suas ferramentas de edição.

Deixo um adendo pessoal nesse documento que utilizei por muitos anos o Microsoft Office e o iWork Pages e confesso que fico feliz a tantas funcionalidades e atualizações que os dois softwares possuem. Novamente falo que um documento feito no Word poderá ser feita no Pages, é questão de conhecer as ferramentas e saber utiliza-las.